top of page
  • Foto do escritorAPDT

A fiscalização trabalhista e o resgate de trabalhadores em condições análogas às de escravo

Com a virada do ano, logo no início de 2024, foram divulgados os dados do Ministério do Trabalho e Emprego acerca das atividades de fiscalização trabalhista. Ficamos sabendo que o Brasil resgatou, em 2023, o assustador número de 3.151 trabalhadores em condições análogas à escravidão.

Não se alcançava um resultado tão expressivo nesse tipo de fiscalização desde 2009, ano em que 3.765 pessoas foram resgatadas: isso demonstra que nos últimos anos o país havia regredido no combate a essa perniciosa prática. >> Leia o artigo na íntegra <<



4 visualizações

Comments


____________

Os artigos assinados e notícias reproduzidas com respectivas fontes não representam posições da Academia Paulista de Direito do Trabalho, refletindo a diversidade de visões relevantes abrangidas pelo tema e pela APDT.

bottom of page