top of page
  • Foto do escritorAPDT

Academia Paulista de Direito do Trabalho elege dois novo acadêmicos

A Academia Paulista de Direito do Trabalho (APDT) elegeu na última semana dois novos acadêmicos: Celso Ricardo Peel Furtado de Oliveira como titular da Cadeira de nº 32, cujo patrono é o jurista Christovão Piragibe Tostes Malta, e  Antonio Galvão Peres, como titular da cadeira de nº 35, cujo patrono é o jurista Annibal Fernandes.



Celso é Desembargador do TRT da 2ª Região, São Paulo, especialista e mestre em direito pela Unisanta e doutorando em direito empresarial pela UNINOVE. Atua como professor e coordenador pedagógico do programa de pós-graduação em direito do trabalho portuário e marítimo da Unisanta e professor da EPD/SP. É Professor convidado da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região/SP, membro da Revista Bonus Iuris e Acadêmico e Vice-Presidente da Academia Brasileira de Direito Portuário e Marítimo.


Antonio é advogado, sócio do escritório Robortella e Peres Sociedade de Advogados,  mestre e doutor em direito do trabalho pela USP, professor de direito do trabalho no curso de pós-graduação do IBDA e do Insper, é coordenador do Núcleo de Assuntos Legislativos da Comissão da Advocacia Trabalhista da OAB/SP, foi membro do Conselho Superior das Relações da FIESP e integrou o Grupo de Altos Estudos do Trabalho, GAET.


A diretoria da APDT, dá boas-vindas aos novos Acadêmicos, nas pessoas de seu Presidente, Dr. Antonio Carlos Aguiar; Vice-Presidente, Dra. Ana Amélia Mascarenhas Camargos; Diretora-Secretária, Dra. Nadia Demoliner Lacerda; Tesoureiro, Dr. João Marcelino da Silva Júnior; Diretor Cultural, Dr. Otávio Pinto e Silva; membros do Conselho Fiscal, Dra. Luciana Nunes Freire, Dra. Silvana Abramo Margherito Ariano, Dr. Valdir Florindo; Dra. Ana Paula Pellegrina Lockmann, Dr. Antonio Carlos Vianna de Barros, e Dr. Ricardo Ammirati Wasth Rodrigues.


Assim também o fazem os nobres Acadêmicos, Dr. Almir Pazzianotto Pinto, Dr. Agostinho Toffoli Tavolaro, Dr. Luis Carlos Moro, Dr. Mauricio Granadeiro Guimarães, Dr. Flávio Maschietto, Dr. Estevão Mallet, Dr. Rafael Edson Pugliese Ribeiro, Dr. Francisco Ary Montenegro Castelo, Dra. Regina Aparecida Duarte, Dr. Jair Tavares da Silva, Dra. Gilda Figueiredo Ferraz de Andrade, Dr. Sólon de Almeida Cunha, Dr. Luiz Carlos Gomes Godoi, Dr. Gustavo Granadeiro Guimarães, Dr. Marcelo Pereira Gômara, Dr. Homero Batista Mateus da Silva, Dra. Gabriela Lima Arantes, Dr. Alexandre de Almeida Cardoso, Dr. Marcos César Amador Alves, Dr. José Augusto Rodrigues Júnior, Dr. José Pedro de Camargo Rodrigues de Souza, Dr. José Fernando Moro, Dr. Guilherme Miguel Gantus, Dr. José Ubirajara Peluso, Dra. Maria Aparecida Pellegrina, Dra. Leila Aparecida Chevtuchuk de Oliveira e Dr. Ericson Crivelli.


A aprovação dos novos acadêmicos engrandece a APDT que passa a contar com 40 acadêmicos, dedicados à missão de debater e trabalhar para a constante modernização do direito do trabalho brasileiro, em sintonia com as transformações experimentadas pela economia interna, sempre pressionada pelas novas tecnologias e mudanças provocadas pela globalização.

6 visualizações

____________

Os artigos assinados e notícias reproduzidas com respectivas fontes não representam posições da Academia Paulista de Direito do Trabalho, refletindo a diversidade de visões relevantes abrangidas pelo tema e pela APDT.

bottom of page