• APDT

Para a modernidade líquida, um Direito do Trabalho igualmente líquido

Por Lilian Katiusca, no portal Jota - 2/09/2019


Bauman, filósofo contemporâneo, sensibilizou estudiosos de diversas áreas ao expor suas ideias sobre a denominada Modernidade Líquida e a efemeridade das relações humanas pós-modernas em que tudo se torna líquido, frouxo, vulnerável e transitório. Logicamente, considerando a relação de permanente reciprocidade que se estabelece.


CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.



1 visualização

____________

Os artigos assinados e notícias reproduzidas com respectivas fontes não representam posições da Academia Paulista de Direito do Trabalho, refletindo a diversidade de visões relevantes abrangidas pelo tema e pela APDT.